Partager:

 

Paroles Tudo igual de Magrela

Tudo igual

Lembro o tempo perdido
Não faz sentido o que eu falei
Mesmo que seja tudo verdade
A ansiedade eu nunca controlei

Olho triste a paisagem
Uma miragem que agente viu
Sempre lembrando das coisas boas
Sorrindo atoa pelo que nos uniu

E as coisas continuam iguais
Você e os seus problemas banais
E eu sempre tentando entender tudo que tinha pra se

Viver
E agente sempre olhava pra trás e acabava querendo
Mais do que podia ter

Ando quieto, escondido, no meu ouvido vozes do além
Dizendo coisas que eu nem me lembro
Mas que pensava serem pro nosso bem

E as coisas continuam iguais
Você e os seus problemas banais
E eu sempre tentando entender tudo que tinha pra se
Viver
E agente sempre sempre olhava pra trás e acabava
Querendo mais do que podia ter
 
 

Traduire cette paroles:

  • it
  • en
  • es
  • fr
  • de